sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Capítulo 10

O carro freia bruscamente, e Clara se assusta e começa a chorar, o motorista então desse do carro apressado e vai ver como ela está...
Xxx: Oi meu anjo você está bem?
Clara: Sim, só meu joelho que está doendo porque eu bati quando cai.
Xxx: Como você se chama?
Clara: Maria Clara e você?
Xxx: Zachary. Vem Clara eu te ajudo.
Ele então a pega no colo e leva até a calçada e senta ela em um banco...
Zac: O que você fazia sozinha no meio da rua?
Clara: Estava andando de bicicleta e quando eu vi seu carro tentei sair mas ela não saia do lugar e quando tentei correr eu cai.
Zac: Onde você mora?
Clara: Estou na casa da minha avó com meus pais.
Zac: E onde é?
Clara: Ali. - Ela aponta para o outro lado da rua
Zac então percebe que a casa que ela apontou é a casa da mãe de Vanessa.
Zac: Sua avó mora ali?
Clara: Sim por que?
Zac: Como sua mãe se chama?
Clara: Minha mãe se chama Vanessa e meu pai Austin.
Zac: Vanessa?
Clara: Sim por que?
Zac: Quantos anos você tem?
Clara: 6 anos.
Não pode ser! Espera, ela é filha da Nessa e tem 6 anos, calma Zac faz 7 anos que a Nessa foi embora e ela disse que seu pai se chama Austin, a Nessa deve ter se casado, nossa mais tão jovem, agora parando pra pensar ela é a cara da Nessa, na verdade é a miniatura perfeita dela, tem os mesmos olhinhos lindos dela.
Clara: Zachary?
Zac: Oi desculpa meu anjo, pode me chamar de tio Zac, vem vou te levar pra casa.
Clara: Obrigada.
Ele então a pega novamente no colo e caminha em direção a casa de Vanessa e toca a campainha Vanessa desce pra atender.
Vanessa: Zac? - Olha assustada
Zac: Oi Nessa - Sorri
Clara: Você conhece minha mãe?
Vanessa: Clara o que aconteceu? O que você fez com ela?
Zac: Eu não fiz nada ela caiu e eu só estou ajudando não sabia que era sua filha.
Austin: Vany o que está acontecendo? - Aparece na porta
Clara: Eu cai papai e o tio Zac me trouxe pra casa.
Vanessa: Austin por favor leva a Clarinha pra dentro. - Diz nervosa
Austin: Claro meu amor, vem princesa, vem com o papai.
Clara: Tchau tio Zac obrigada.
Zac: Tchau pequena, se cuida viu?
Vanessa fecha a porta e empurra Zac.
Zac: Calminha ai Nessa o que está acontecendo?
Vanessa: Fica longe da minha filha ta ouvindo? Nunca mais encosta em fio de cabelo dela. - Empurra ele
Zac: Por que está assim tão nervosa? Eu só estava ajudando e alias já percebi que você não perde tempo mesmo, depois fala que não estava querendo me dar um golpe.
Vanessa: Cala boca seu idiota. - Grita
Zac: Só falei a verdade.
Vanessa: Sai agora da minha frente e esquece da minha filha. - Empurra e começa a bater nele
Zac: Para Nessa. Você está louca? - Segura os braços dela evitando que ela continue a bater nele.
Vanessa Me solta seu idiota.
Zac: Se acalma garota.
Ele então olha fixamente para os olhos dela e então a beija, ele a segura forte evitando que ela se afaste, segura seu pescoço com uma mão e com a outra os seus braços, a língua dele pede passagem e Vanessa permite, eles se beijam com amor as línguas bailavam em sintonia com o calor das próprias bocas.
Vanessa por um momento esquece de tudo o que Zac fez com ela, eles curtem esse momento, até que Vanessa volta a si e para o beijo, empurrando Zac.
Vanessa: O que você pensa que está fazendo?
Zac: Foi a unica forma que eu pensei pra te parar.
Vanessa: Sai daqui Zac por favor.
Zac: Por que esta me tratando assim?
Vanessa: Você ainda pergunta? Depois de tudo o que você fez comigo, estou casada agora me deixa em paz.
Zac: Você ainda sente alguma coisa por mim que eu sei, você não me engana Vanessa ainda mais depois desse beijo.
Vanessa então sai deixando Zac.
Austin: Aconteceu alguma coisa? Que cara é essa? Quem era esse homem?
Vanessa: É o Zachary.
Austin: O pai da Clarinha?
Vanessa: Sim - Diz se sentando no sofá, ela coloca as mãos no rosto e começa a chorar.
Austin: Calma Vany, você contou pra ele?
Vanessa: Não ele acredita que você é pai dela. Ele não pode saber a verdade, temos que voltar pra casa, minha mãe tinha razão eu não devia ter vindo.
Austin: Mas meu amor se ele acredita que ela é minha filha está tudo bem, não precisa ter medo.
Vanessa: E se ele descobrir? Ele vai tirar minha filha de mim. Eu não vou aguentar. - Chora ainda mais
Austin senta ao lado dela e a abraça.
Austin: Vany você sabe que eu considero a Clarinha como minha filha, eu a amo demais, não vou deixar ele se aproximar dela de novo.
Clara: Mamãe? Está tudo bem? Por que você está chorando?
Vanessa: Filha. - Abraça a menina - A mamãe vai te pedir um favor e quero que você prometa que vai cumprir tudo bem? Eu não quero que você se aproxime mais daquele homem ouviu Clara? Nunca mais fale com ele.
Clara: Com o Tio Zac?
Vanessa: Ele não é seu tio. Ele não é nada seu, me promete Clara que você não vai se aproximar mais dele.
Clara: Tudo bem mamãe, eu prometo.
Elas se abraçam e Vanessa acaricia o cabelo da filha.
Vanessa: Tudo bem filha agora sobe e arruma suas coisas porque vamos voltar pra casa.
Clara: Mas mamãe você me prometeu que íamos ficar até meu aniversário, por que temos que voltar?
Vanessa: Filha por favor obedece a mamãe e sobe agora pra arrumar suas coisas.
Clara então sobe as escadas triste...
Austin: Tem certeza do que esta fazendo? Olha a carinha dela, poxa Vany o aniversário dela ta chegando e ela pediu tanto pra vir pra cá.
Vanessa: Eu sei mas não posso arriscar.
Austin: Vamos para um hotel se ele perguntar sua mãe pode falar que voltamos pra casa, por favor Vany pela Clarinha.
Vanessa: Tudo bem vamos ficar pelo menos até o aniversário dela, afinal ela tem razão eu prometi. Eu vou lá falar com ela.
Clara estava no quarto arrumando seus brinquedos em uma malinha pequena e chorando muito quando Vanessa entra no quarto.
Vanessa: Filha?
Clara: Oi mamãe. - Diz de cabeça baixa
Vanessa: A mamãe pensou melhor e resolveu que nos podemos ficar até seu aniversario, mas vamos para um hotel ta?
Clara: Tudo bem mamãe que legal, obrigada. - Da um pulo no colo de Vanessa e lança vários beijinhos nela - Te amo mamãe.
Vanessa: Também te amo princesa agora termina de arrumar seus brinquedos porque saímos daqui 2 horas.
Clara: Ta bom.
Clara logo arruma suas coisas e desce mas como não vê ninguém na sala ela sai pra fora e vai procurar na garagem, não encontrando ninguém ela caminha em direção a porta mas Zac a chama:
Zac: Oi pequena.

Mil perdões meninas... Ontem eu fiquei um pouco mal e ai não deu pra posta o capítulo que tinha prometido!!!
Mas aqui esta!!
Mais tarde posto mais um pra compensar!!
Sim meninas era o Zac no carro...
Ainda bem que não aconteceu nada de grave com a Clarinha ne!?
Ooops Zac beija a Vanessa e ela deixa!? Alguém ai duvida que ela é apaixonada
por ele ainda!?
E agora será que a Clarinha vai responder o Zac, ou vai entrar em casa em falar nada!?
Comentem ai...
Beijos meninas!!
Até mais...

2 comentários:

  1. Espero que esteja melhor.
    Quanto ao capítulo, acho que a Vanessa ainda gosta do Zac. E a Clara talvez vá responder ao Zac, ainda não sei bem se essa menina é cumpridora da sua palavra ou não. As crianças ás vezes fazem o que elas pensam e nem ligam para os pais. E tendo ela a ligação que tem com o Zac (mesmo estando separados desde o nascimento dela), afinal de contas são pai e filha, acho que a Clara vai responder a ele.
    Posta logo.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Ahhhh nao me mata desse jeito nao menina kkk....posta logo devia postar uns 5 capitulos de uma vez pra compensar,só acho....cara de triste aqui posta mais amore...

    ResponderExcluir