segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Capítulo 14

Ela solta um grito e percebendo que já tinha anoitecido, e ela estava nua junto com Zac na cama dele, ela o chama a fim de acorda-lo e coloca as mãos no rosto desesperada e começa a chorar.
Zac acorda e vê Vanessa encolhida na cama com as mãos no rosto soluçando sem parar.
Zac: Nessa o que aconteceu?
Vanessa: O que você fez comigo? Por que você me trouxe aqui? Porque nos transamos? Zac eu não queria, eu não podia - Chora ainda mais
Zac se aproxima dela e tenta toca-la mas ela se afasta.
Vanessa: Não encosta em mim, por que fizemos isso? Eu não devia ter vindo aqui.
Zac: Nessa para com isso, não estraga esse momento, foi perfeito, eu senti tanta sua falta, não sabe o quanto me arrependo de tudo o que te fiz, para de chorar por favor.
Vanessa: Se arrepende tarde demais agora, você me humilhou Zac, se aproveitou de mim, tirou minha virgindade por uma aposta idiota, ainda me engravidou e quando eu te contei, você me ofendeu dizendo que eu queria te dar um golpe e quando eu sofri aquele acidente você se quer foi me visitar, mas eu sei porque, você sentia culpa do que fez, viu que tinha ido longe demais né? E também confessa que se sentiu aliviado, por pensar que eu perdi o bebê, eu fui embora arrasada, me sentindo um lixo, você me usou de uma forma Zac que eu nunca serei capaz de perdoa-lo. Nunca está me ouvindo? - Grita e chora mais e mais
Zac: Nessa, eu sei que fui um idiota com você, mas eu era um menino me assustei quando você chegou chorando no meu quarto aquele dia me contando que esperava um filho meu, eu não pensei no que fiz, eu pensava que tinha aceitado aquela aposta absurda por medo, mas agora eu sei que eu aceitei por já gostar de você mas tinha vergonha de assumir o que sentia, a nossa primeira noite de amor, não foi uma farsa eu realmente quis aquilo eu me entreguei a você por te amar, mas me desculpa se eu me assustei com a noticia que seria pai, não medi as palavras que eu disse pra você, eu realmente sofri quando soube do seu acidente e não fui ao hospital para não lhe fazer mal, mas do que eu já tinha feito, realmente acreditei que você tinha perdido o bebê e sim me senti aliviado mas não por mim, mas por você, quando eu soube que você tinha ido embora eu me desesperei pois queria ter te dito o quanto me arrependia de tudo, Nessa eu te amo me perdoa por favor.
Vanessa: Não eu nunca vou te perdoar e não acredito em nada do que você me disse, nunca mais encoste em mim e nem se aproxime da minha filha, ela é só minha.
 Ela se levanta veste suas roupas e Zac diz: Ela é minha filha também Nessa, eu tenho o direito de conviver com ela.
Vanessa (sorri sarcástica e diz): Direito de conviver com ela? Ela não é sua filha, eu a tive sozinha, ela é só minha filha, nem seu nome ela tem, quem é o único que pode se nomear pai dela é o Austin, pois ele sempre cuidou dela. E você Zac o que fez por ela?
Zac: Eu não sabia que ela existia caramba - Grita - Nessa vê se entende a Maria Clara tem o direito de saber que eu sou o pai verdadeiro dela, você não pode esconder isso dela pra sempre.
Vanessa: Eu posso sim e e vou esconder, minha filha não merece saber que o pai dela é um monstro.
Zac: Por favor Nessa não fala assim - Diz chorando
Vanessa: E como eu devo falar? Ela nunca vai saber e você nunca mais vai voltar a ver minha filha, eu vou leva-la pra longe de você, esquece da Clarinha, esquece de mim Zac.
Zac: Você não pode me afastar dela Nessa eu tenho os meus direitos de pai.
Vanessa: Direito? Ah tenha dó Zac, quem é você pra falar de direito, eu também tinha o direito de querer ou não fazer parte daquela aposta mas ninguém me perguntou apenas me envolveram e me destruíram por inteiro, esquece dela me ouviu? Você nunca mais vai ter noticias dela, nunca mais - Sai batendo a porta
Zac: Nessa espera por favor - Grita e então senta na cama e chora
Vanessa sai atordoada e pega um táxi chegando no hotel, Clarinha já estava dormindo.
Austin: Vany onde você estava? Fiquei preocupado, sua amiga trouxe a Clarinha mas não me disse onde você foi.

Vanessa: Eu estava com o Zac.

Austin: O que?

Vanessa: Ela descobriu tudo, ele sabe que a Clarinha é filha dele e disse que vai exigir seus direitos de pai, Austin por favor não deixa que tirem minha filha de mim, eu vou morrer sem tê-la por perto.

Austin: Calma Vany, como assim ele descobriu?

Vanessa: Eu não sei, mas temos que ir embora, vem vamos sair agora daqui.

Ela arruma logo as malas e Austin desse para fechar a conta do hotel, logo em seguida sobe e pega Clarinha ainda dormindo no colo e eles descem onde um taxi ja os aguardava.

Zac chega logo em seguida e pergunta por Vanessa na recepção e fica sabendo que ela foi embora, ele então liga o carro e parte para o aeroporto e sai perguntando pra todos sobre uma mulher com as características dela e uma criança como a Clarinha, mas ninguém soube informar nada delas, ele entra me desespero e se lembra da casa de campo da família de Vanessa.

Ela só pode ter ido pra lá, a passagem dela é para daqui 5 dias não tem como ela ter ido embora. Ele então liga novamente o carro e vai pra lá. - Zac pensou


Com Vanessa...
Vanessa, Austin e Maria Clara chegam a casa de campo, já era madrugada e então eles se acomodam e logo dormem.

Quando Zac chega já tinha amanhecido, ele então desliga o carro, desce, caminha até a porta de entrada e percebe que está aberta, ele então entra, olha bem para os lados e sobe as escadas que da em um corredor com várias portas, ele calmamente vai abrindo uma de cada vez, até encontrar o quarto onde Vanessa e Austin estavam dormindo, ele então vai para um outro quarto e encontra Clarinha, dormindo como um anjo, ele se abaixa na altura da cama e começa a acariciar os cabelos da filha e fala baixinho:

Zac: Eu queria tanto que você soubesse que eu sou seu pai, me arrependo pelo o que eu fiz com sua mãe, hoje vejo que ela foi a única mulher que amei, filha eu já te amo tanto, eu prometo que não vou deixar sua mãe me afastar de você nunca mais, nunca vou te abandonar - Beija a testa de Clara, enquanto escorre uma lágrima em seu rosto
Ele então deixa uma carta para Vanessa em cima da cama, em seguida pega Clarinha no colo e desce com ela até o carro, colocando cuidadosamente a menina no banco de tras, ele entra no carro e vai embora.
 http://3.bp.blogspot.com/-FOmKQm6cj-g/VAxWgCVirfI/AAAAAAAAAdM/GAkOycqz9vA/s1600/livro.gif
Helooo girls!!!
FE-DE-U!! Como assim o Zac pega a menina e sai??
A Vanessa vai ficar malucaaaa quando acordar e ler esse brilhete!!
Quero só ver o que vai acontecer!!
Comentem ai...
Beijos meninas!!
Até mais...

5 comentários:

  1. O pior vai ser se for primeiro o Austin a ler essa carta haha! Provavelmente vai saber que a Vanessa e o Zac tiveram relações sexuais.
    Posta logo.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. minina babado...não esperava o zac se declarar assim...e como assim rapitar a menina kkk posta mais hj....please bjbj

    ResponderExcluir
  3. nao acredito que ele raptou a menina.. kkk isso nao vai prestar. kkkk e a carta? o que sera que tem escrito? curiosa demais.. e coitado do zac, ele se arrependeu e todos merecem uma segunda chance.. posta mais hoje. super ansiosa.. beijos

    ResponderExcluir
  4. PELO AMOR DE DEUS
    POSTE HOJE,EU PRECISO SABER O QUE VAI ACONTECER!!'

    ResponderExcluir
  5. PQP a Vanessa vai surtar quando ler a carta e ficar sabendo que Zac pegou a Clarinha
    nossa,nem quero ser ele quando ela descobrir isso
    acho que o Zac deveria se colocar no lugar da Vanessa e ver o tamanho do sofrimento que causou nela
    amei o capítulo,posta mais hoje,please ♥♥♥

    ResponderExcluir